Sobre a autora

Paco

Paola Altheia (também conhecida como “Paco“) é uma nutricionista Curitibana formada pela Universidade Federal do Paraná. Fez parte do Núcleo de Estudos dos Transtornos da Oralidade da Associação Psicanalítica de Curitiba. É blogueira, ativista contra a gordofobia, a objetificação feminina, as dietas restritivas e todos os fatores relacionados ao corpo e à alimentação que são fonte de sofrimento intenso para muitas pessoas.

Acima de tudo, é uma curiosa irremediavelmente inconformada. Se interessa por valores reproduzidos pela sociedade e pelos problemas físicos, mentais, emocionais e psicológicos decorrentes da cultura de dietas, que é apenas um aspecto da obsessão da sociedade contemporânea pela tríade magreza, juventude e beleza (conceito que por si só é discutível).

É nutricionista, porém não acredita em dietas. Não calcula cardápio. Não te diz o que você deve comer. Acredita que o melhor caminho é descobrir junto com o paciente maneiras de ressignificar a comida, e deste modo, atingir mudanças sustentáveis.

O principal objetivo é alcançar Autonomia alimentar. Isso acontece quando as escolhas alimentares são feitas pelo paciente de acordo com as suas sensações internas, O genuíno autocuidado nasce de dentro para fora e não de fora para dentro.

Não acredito no poder de um papel que diz o que um indivíduo deve ou não fazer/comer.

Acredito na Alimentação Consciente e Intuitiva.

Alimentação precisa ser livre de culpa, regras, rótulos, medo, arrependimento…drama.

Eu não prometo uma perda de peso rápida, mágica, fácil. Não prometo uma perda de peso dentro dos parâmetros que você sonha em atingir.

“Quando eu for magra…poderei ter um namorado.”

“Quando eu for magra… terei um bom emprego.”

“Quando eu for magra… serei feliz.”

“Quando eu for magra…irei me aceitar verdadeiramente.”

“Quando eu for magra… não terei mais problemas.”

Magreza não é passaporte para a felicidade. A vida é AGORA. A vida é HOJE.

Você não é preguiçosa, fracassada, derrotada, indisciplinada porque é gorda. Isso não é verdade!

Ao invés de SONHAR um com um corpo que provavelmente não condiz com a sua realidade de vida… Por que você não experimenta aprender a amar, acolher, respeitar e ter orgulho da história desse corpo que você tem hoje?

Ao invés de sonhar com dietas fáceis, rápidas, milagrosas e que você pode seguir “sem passar fome”… Você não experimenta observar o que está verdadeiramente acontecendo dentro de você de maneira lúcida? Perder peso é realmente a solução que você procura? O foco principal é o peso… ou o comportamento que está causando alterações no peso?Quando você diz que quer perder uns dois quilinhos… O significado por trás dessa afirmação é muito mais profundo.

Você prefere viver em PAZ ou vestir manequim 36?

Fica por conta da sua escolha!

Se interessou? CANSOU de fazer dietas de maneira cíclica, obtendo, sempre, resultados abruptos porém temporários?

CONTATO PARA ATENDIMENTOS: (41) 9919-0610
Comportamento Alimentar.
Corpo, feminilidade e autoestima.

Site: http://www.pacoaltheia.tk/