MULHERES, por favor leiam.


Queridas leitoras do NSE:

Eu estou mortificada com os comentários que estão sendo feitos na postagem da prisão (sobre frases que as mulheres constantemente dizem em repúdio ao próprio corpo).

Estou muito triste.

prisao

(Você crê que merece isso?!)

Gostaria de esclarecer que estar em guerra contra o próprio corpo, não aceitá-lo, maltratá-lo com jejuns, dietas e exercícios extenuantes não são práticas saudáveis e NINGUÉM merece passar por isso. Ninguém.

Não existe NADA NESTE MUNDO que valha passar fome, se maltratar, dizer maldades a si mesma. Você importa muito mais do que qualquer vestido de casamento, biquíni ou calça jeans que você deixou no armário. Ou qualquer outro fator externo que passe na sua cabeça.

Não é concebível que uma mulher passe boa parte da sua vida praticando o esporte de não aceitar a pele que habita. Isso é um jeito adoecido de viver. Não está certo.

Quantos anos mais você está disposta a viver assim?

Não importa quantos quilos você perca, quantas lipos você faça, quantas dietas você siga… O problema não pode ser resolvido através de nenhuma dessas coisas.

Porque a raiz do problema não é o peso, nem uma “gordurinha extra”, nem um “defeitinho” qualquer. Não é nada disso. É falta de amor próprio. E isso não pode continuar!

Vivemos numa sociedade que cultua a aparência, venera imagens e coloca o aspecto físico em detrimento do verdadeiro valor do ser humano.

Você já parou para pensar quantas vezes no seu dia você pensa algo ruim sobre si mesma?

A ditadura da beleza é a forma mais BAIXA e perversa de torturar mulheres ao redor do globo. Ser obrigada a ferir o seu corpo constantemente também é uma forma de violência. Não se engane.

14388907_561115544088630_2064858029_n

(POR FAVOR: pare, reflita e perceba que isso É violência!)

Existem MUITAS COISAS que vocês precisam saber sobre a dinâmica social e cultural da pressão estética. E eu quero ajudar.

Acredite: você não mergulhou nesse sentimento de inadequação “do nada”. 

Como eu não consigo responder cada uma das leitoras, eu escrevi um e-book abordando todas essas questões.

Tomei a decisão de modificar o preço do meu e-book para que vocês possam lê-lo e entender porque é necessário romper com todo esse sistema perverso que não as deixa em paz.

Portanto, durante a próxima semana, o E-book do NSE será vendido por R$16,00.

Peço que considerem adquiri-lo. Vocês PRECISAM refletir sobre o impacto negativo que a insatisfação corporal provoca nas suas vidas. Estar de mal com o corpo não é um fato natural da vida.

Sofrer diante do espelho não é justo. Entenda a importância disso! O que você sente em relação ao seu corpo simplesmente não pode ficar em segundo plano.

Link para adquirir o livro: http://bit.ly/2aEAXhd

gatim-triste

Anúncios