Educador Físico, eduque o espírito.

Para começo de conversa, gostaria de informar que eu sou uma profissional da saúde devidamente qualificada (CRN8 – 9765), estudei (e estudo) muito. Sou uma jovem magra (eu não acredito que isso seja um mérito…), fisicamente ativa, me alimento muito bem em todos os sentidos e gozo de excelente saúde. Tenho um namorado maravilhoso e sou bem amada por muitas pessoas. Ah! A LOUÇA aqui de casa também já está lavada.

Portanto: desde já guardem o argumento do “recalque” na gaveta.

Hoje à tarde me enviaram a imagem a seguir, que foi publicada em uma página voltada para educadores físicos e estudantes de educação física. Não se enganem porque não é uma página obscura qualquer. Tem muita gente seguindo.

(pausa para lembrar que Educação Física é um curso da ÁREA DA SAÚDE)

BOA FORMA

Atenção: se você é do time do “é apenas uma piada” e não tem interesse em morrer melhor do que nasceu… tem um “x” na parte superior direita do navegador. Clique nele. Tchau.

Agora vamos falar sobre esta capa.

1) “Ninguém vai te comer.”

Atribuições do Educador Físico: prestar serviços que favoreçam o desenvolvimento da educação e da saúde, contribuindo para a capacitação e/ou restabelecimento de níveis adequados de desempenho e condicionamento fisiocorporal dos seus beneficiários, visando à consecução do bem-estar e da qualidade de vida. (FONTE: CREF-9)

Não deveria ser necessário avisar, mas fazer com que pessoas sejam sexualmente convidativas não é o papel de vocês. Ninguém tem obrigação de achar que gordas são bonitas, mas todos têm o DEVER de respeitá-las. E este dever é dobrado para quem trabalha com o corpo das pessoas.

Você tem que treinar porque ninguém vai te comer” é uma demonstração de ignorância, imaturidade e desrespeito. O ensino médio acabou, caros. Agora você é universitário. Ou um profissional formado. Haja como tal.

Ser profissional não significa apenas dominar os aspectos técnicos relativos à profissão. Você precisa também ser ético, maduro, sério e responsável. E nada disso se vê nesta capa de revista, né?

Você pode comer o livro de fisiologia. Se você não tem capacidade de respeitar o próximo, você é só um babaca instruído.

No mais, não se enganem porque gordas são desejadas, bonitas e têm vida sexual satisfatória SIM! A sua gordofobia não impede ninguém de ser feliz e sugerir que ninguém se sente atraído por mulheres gordas é uma generalização taxativa e pautada no preconceito.

2) “Engorde 5Kg em uma semana

Esta é a versão “gorda” das famosas manchetes de revistas de dieta. Eu gostaria apenas de questionar de que maneira EMAGRECER 5Kg EM UMA SEMANA seria uma situação mais favorável/ saudável.Da mesma maneira que engordar 5Kg em uma semana seria algo deletério para a saúde, emagrecer também seria! Spoiler: as duas situações são impossíveis.

Emagrecer não é sinônimo imediato de saúde. Ou de coisa boa.

3) “Batata, bacon e cheddar, blablabla”

Estereótipo hidrolisado e isolado! Límpido e puro.

Permita-me comunicar que pessoas magras comem batata, bacon e cheddar. Ou não.

E pessoas gordas também comem batata, bacon e cheddar. Ou não.

Olhar para uma pessoa não vale como screening do que ela costuma comer.

Aliás, todos esses alimentos são permitidos. Não existe “comida que engorda”. Existe jeito desajustado de se relacionar com a comida. É a frequência do consumo que verdadeiramente conta.

Ninguém engorda por causa de UMA refeição. Ou um dia. Ou até mesmo vários dias.

Aliás, permita-me comunicar que vocês não passam orientação nutricional. Da mesma maneira que eu não posso dar orientações sobre atividade física. Não pode, ok?

abeso

(Não é assim a vida)

Já temos um número bastante expressivo de nutricionistas demonizando alimentos, então sejam menas porque esta área nem é a de vocês.

3) “Por que o colesterol não atinge pessoas saudáveis?”

Resposta: Porque elas são magras.

PORQUE ELAS TÊM HÁBITOS SAUDÁVEIS.

Percebem? Há-bi-tos. E isso não tem nada a ver com aspecto físico.

A melhor maneira de ter taxas normais de colesterol é: se alimentar bem, não fumar, tomar bebida alcoólica com moderação e praticar atividade física.

Saiam dessa vida de achar que as pessoas magras têm perfil lipídico perfeito. Que vergonha!!

Outro absurdo: vocês não têm a menor noção sobre o que é colesterol.

O colesterol não é bala perdida, ele não “atinge” ninguém (¬¬’)

O colesterol circula na corrente sanguínea de TODAS as pessoas. E na verdade é o colesterol LDL que está relacionado ao desenvolvimentos de cardiopatias.

Um profissional de saúde não pode falar as mesmas frases genéricas que estão na boca da população leiga. Estudem.

4) “Feminismo te liberta e te ajuda a justificar seu sobrepeso”

Vocês precisam de muita educação sobre o que é o feminismo e quais são as suas verdadeiras demandas. Mas não focarei nisso.

Falemos sobre libertação. 

SIM: as mulheres precisam de libertação, porque existe uma estrutura que nos doutrina sobre o que precisamos comer, vestir, fazer e desejar para sermos genuinamente “mulheres’. E essa estrutura oprime.

A aceitação corporal é essencial para a saúde de uma pessoa. Porque ao contrário do que vocês (que pouco estudam) pensam… Estímulo negativo não ajuda as pessoas a melhorarem a saúde.

Quanto mais uma pessoa gorda for ridicularizada, aterrorizada, humilhada, marginalizada… Pior ela irá se sentir, e menores serão as chances de adotar hábitos mais saudáveis.

Amor próprio não é “justificativa”: é um elemento fundamental.

Não é saudável, nem razoável, nem justo, nem natural que as mulheres vivam em guerra consigo mesmas. E o feminismo, essa enorme SUBVERSÃO, sugere que a mulher seja amiga de si mesma e das demais. Que coisa horrível, não?

1-bo8f9TyNdlf2xs-rk7U2Fw

AAAAAHH TÁ! Mas eu esqueci: o que verdadeiramente importa é que sejamos magras, “bonitas” e atraentes para o olhar dos homens, para que vocês “nos comam” – e assim voltamos ao número 1.

É complicado ver uma geração de mulheres que não estão nem aí para o que vocês acham, né? Gordas que se amam, não esperam aprovação e nem pedem desculpas por estar no mundo. Isso é muito chato, porque agora vão ter que procurar outra maneira de destilar ódio.

Apenas uma observação final: vocês terão alunas e clientes 1.gordas, 2.feministas, 3.gordas E feministas. Então larguem mão de ser infantis e se comportem como quem jurou:

 

 

PS: Sobre zodíaco eu não sei nada, mesmo. 🙂

PS²: se você quer entender mais sobre o que faz essa capa fictícia ser absurda, talvez você goste do E-book do NSE. Clique!

 

Anúncios

2 ideias sobre “Educador Físico, eduque o espírito.

Os comentários estão desativados.