“Eu não tenho estilo.”

A Carol de Biagi, consultora de estilo, autora do Blog Um Unicórnio Fashionista, ficou um tempinho sem escrever para a gente, mas ela voltou para fazer guests posts legais sobre moda sem regrinhas chatas (por isso que eu gosto dela!)

Então segue o texto de hoje:

Nossa, Carol, você é consultora de estilo, que legal! Você bem que podia me ajudar, eu não tenho estilo nenhum”

Se eu ganhasse dez reais pra cada vez que ouvi essa frase, estaria milionária tomando drinks em uma praia na Polinésia.

E a minha resposta é sempre a mesma:

Todo mundo tem estilo.”

– Depois disso normalmente as pessoas me olham como se eu fosse louca.

Mas a verdade é essa mesmo: TODO MUNDO tem estilo. Estilo é escolha. São os lugares que você frequenta, os livros que lê, o que assiste na TV, os filmes que gosta. Estilo tem a ver com as coisas que você escolhe na vida que representem quem você é. Sendo assim, todo mundo tem estilo, porque todo mundo tem uma personalidade!

O problema é que a gente não faz essas ligações quando pensamos em estilo e moda, graças às famosas regrinhas que parecem mais atrapalhar do que ajudar. Por algum motivo as pessoas acham que só tem estilo quem segue a moda loucamente, compra em grifes famosas ou se veste de um jeito inusitado. NÃO! Estilo tem a ver com autenticidade! Se você veste quem você é, de acordo com as suas outras escolhas na vida, você está construindo seu estilo!

O problema é que a moda acaba criando um monstrinho na cabeça das pessoas. Na verdade, a moda adora se fazer de difícil (mas não é, tadinha) e acaba assustando ou excluindo. Aí temos, por exemplo, uma menina que adora cores, tem uma decoração no quarto toda vibrante, colorida, interessante, gosta de coisas modernas, coleciona arte, vestindo umas roupas sem cor, sem graça, sem modernidade, que em nada refletem essa personalidade vibrante e artística, porque um dia disseram pra ela que ela “não pode” usar determinadas peças ou que “só existe um jeito de ser elegante, o jeito X” . Ela segue essas regras sem saber por que, sem se reconhecer no que veste, e claro, acreditando que não tem estilo nenhum! Claro que ela não vai gostar nem se interessar por moda, ela não se vê ali.

Moda não tem que ser uma paixão pra todo mundo, mas pode ser um veículo pra todo mundo contar mais sobre si. Quando o que vestimos não dialoga com tudo aquilo que expressamos nas nossas outras escolhas (nas outras coisas que formam mesmo o nosso estilo) acabamos ficando um pouco apagados. Algo destoa. E isso nunca é bom.

Não existe um jeito só de ser elegante, ou sexy, ousado, romântico, básico, exagerado. Existe o SEU jeito.

Como eu já disse, quanto mais dentro da sua verdade você se vestir, mais “estiloso” se sentirá.

(Seja você. O original é sempre melhor que cópia)

Carolina de Biagi.

Anúncios

2 ideias sobre ““Eu não tenho estilo.”

  1. Livânia

    Eu adoro a página Não Sou Exposição no Facebook. Mas eu fui banida. 😥 O que eu fiz de errado?
    Já dei até algumas sugestões que foram publicadas. Não entendi. 😥

Os comentários estão desativados.