MALDITOS corações.

O post de hoje é apenas porque eu estou cansada. E muito irritada.

Cansada de pessoas que NÃO LEEM as publicações.
Cansada de ver besteirol fitness.
Cansada de ver gente ensinando o besteirol fitness para crianças pequenas.
Cansada de explicar que MAGREZA não tem nada a ver com SAÚDE.
Cansada de ver que mulheres misturam MAGREZA com BELEZA e esquecem do que é SAÚDE.
Cansada de loucurada para emagrecer, que SÓ MULHER tem que fazer.
Cansada de ouvir gente dizendo que “para ser bonita, tem que sofrer”
Cansada de ver uma multidão de mulheres querendo emagrecer, e a lavagem cerebral é tão forte que não sabem nem porque!
Cansada de ver gente com baixa autoestima, que chora por causa do próprio corpo.

Hoje eu tô irritada.

No NSE tem um vídeo mostrando duas crianças de 5 anos (acabei de ser informada que têm dois, fato que só torna a situação mais LASTIMÁVEL) sendo incentivadas pela mãe a fazer caminhada para “ficar magrinha”.

E isso dói no coração.

Muitas pessoas aparecem para comentar um coraçãozinho (  ) e dizer coisas como “que fofura“, “minha filha vai ser assim”, “muito amor”…

…E isso me faz subir pelas paredes. 

Se o wordpress tivesse a função “gritar”, eu gritava.

(PAREM de comentar coraçãozinho. Sério. É sério.)

Este vídeo NÃO está no NSE porque eu achei uma “fofura”. Há, inclusive, um texto junto com o vídeo, mas dificilmente é lido.

Estamos na era do Instagram, do Snapchat, dos “memes”, das frases curtas… E as pessoas estão perdendo o hábito de fazer LEITURA.

Ensinar às crianças que ~caminhada emagrece~ não tem nada a ver com saúde. É nocivo. É danoso. Pode desencadear problemas de imagem corporal E transtornos alimentares.

Além de tudo, faz a criança absorver, desde pequena, que “boa menina não engorda”. Ou seja: não é questão de ter saúde. O importante é ser magra. Porque engordar é uma coisa ruim, e se você for gorda você será uma pessoa indesejável e feia (porque o dever de toda mulher é ser bonita-portanto-magra)

(Vocês não percebem que ISSO tá errado?)

A mistura de aspectos da feminilidade, infância, pressão estética, falso discurso de saúde e lipofobia é uma combinação simplesmente REPULSIVA.

E eu não aguento mais gente comentando coraçãozinho sem empregar um pingo de SENSO CRÍTICO.

(que RAIVA desse coraçãozinho)

Sério: me deixa louca da vida.

No fim das contas: atitude RUIM. Não promove NADA de saudável, educativo ou positivo. Simplesmente péssimo.

Entendam que existe uma grande diferença entre:

1) Ensinar que caminhada melhora estimula a respiração, fortalece a musculatura, é uma maneira de socializar com a família e os amiguinhos, diminui as chances de ficar doente, acalma, promove sensação de bem estar, deixa os ossos fortes, estimula o pensamento, promove boa noite de sono…

2) Ensinar que caminhada é legal PARA FICAR MAGRINHA.

Será que é tão difícil perceber a diferença? Aliás, vocês acham que crianças não têm capacidade para entender o que são benefícios à saúde?

Das duas, uma: ou vocês menosprezam a inteligência da criança, ou VOCÊS não têm recursos mentais para identificar essa diferença.

Estou FARTA de gente colocando coraçãozinho naquele post. O comentários assim estão sendo apagados sem compaixão. É sério. Eu fico louca da vida.

ACORDEM porque TUDO naquele vídeo está ERRADO!

Sabe o que é pior do que “ver problema em tudo”?

É achar que uma situação tóxica, triste e antipedagógica envolvendo meninas pequenas “não tem nada demais”.

Pensa povo… PENSA.

Obs: Antes que venham me falar sobre a exposição das crianças, sinto informar, mas elas JÁ FORAM mais do que expostas. O vídeo foi publicado no modo “público”. Absolutamente público. Quando me enviaram este conteúdo, uma infinidade de pessoas já havia assistido este vídeo. Inclusive, há diversas cópias publicadas no Youtube além da minha (a diferença é que a minha é a ÚNICA que não tem a infame legenda “que amor ♥”

Anúncios

Uma ideia sobre “MALDITOS corações.

  1. Giovanna

    E é aí que começa a pressão pras meninas internalizarem que magreza = beleza…depois que adquirem transtornos alimentares, baixa autoestima e outros problemas, “é tudo frescura”.
    E sabe porque a mãe/responsável não vê que tá errado? Porque ela também está alienada pelos padrões impostos e acha que atitudes assim são “bonitinhas” ou até bom pras meninas porque assim elas sempre se preocuparão em estar em forma (ironicamente).

Os comentários estão desativados.