Maicon, o engraçadão.

Hoje recebi de várias pessoas este post de um rapaz chamado Maicon, que ridiculariza as pessoas que lutam contra padrões de beleza [tipo eu] e insinua que quem levanta essa bandeira é só porque não consegue emagrecer.

meta 2016

Combater preconceitos, padrões exclusivistas, informações errôneas sobre corpo e saúde, pressões para se ter um corpo ‘sarado’, maltratado, fatigado e faminto não é coisa de gente ‘’feia’’ ou de quem ‘’tentou emagrecer e não conseguiu’’.

É coisa de quem tem empatia.

É coisa de quem tem senso crítico.

É coisa de quem sabe que ser gordo não é sinônimo de estar doente.

É coisa de quem sabe que beleza e magreza não são sinônimos.Porque a beleza está nos olhos de quem interpreta.

É coisa de quem sabe que importunar o gordo que se alimenta bem e fazer vista grossa pro magro que só come bolacha recheada é hipocrisia.

É coisa de quem sabe que o desejo de aceitação faz com que milhares de mulheres ao redor do globo se sintam inadequadas, insuficientes, indesejáveis, feias.

É coisa de quem sabe que esse sentimento negativo compromete quase todas as esferas de sua vida : mental, emocional, afetiva, sexual, lazer e até profissional.

É coisa de quem SABE que quando ficamos insatisfeitos com nossa aparência, muita gente ganha dinheiro.

É coisa de quem sabe que padrões irreais de beleza afetam a confiança, tiram o poder pessoal, entorpecem, adoecem.

É coisa de quem já viveu a dor de passar por um transtorno alimentar.

É coisa de quem tem maturidade de se desfazer da crosta suja de indiferença e escárnio (“eu não me importo”, “é tudo mimimi”, “coisa de feminazi”)… e aprende a ter RESPEITO, CONSIDERAÇÃO, COMPAIXÃO e NÃO JULGAR seus semelhantes.

Meu nome é Paola. Essa é a minha meta para 2016: LUTAR CONTRA OS PADRÕES DE BELEZA IMPOSTOS PELA SOCIEDADE.

Eu sou nutricionista e talvez eu devesse ser paladina do emagrecimento. Só que eu acho que a causa de lutar para que seres humanos parem de ser marginalizados por causa do seu aspecto físico mais importante.

E só para constar,

Eu não preciso perder um único grama neste ano.

Anúncios

Uma ideia sobre “Maicon, o engraçadão.

Os comentários estão desativados.