Preenchimento labial

Há alguns anos, correu uma lenda urbana na minha cidade. Dizia que um lote inteiro de seringas pré-enchidas de lidocaína, um anestésico utilizado por dentistas, era, na realidade, água.

Eu não sei se essa história era verdadeira, provavelmente não. Mas eu me lembro de uma vez que eu fui ao dentista e ele, gentilmente, me pediu para que, se caso eu sentisse dor durante o procedimento (uma obturação), levantasse a mão para alertar.

Dificilmente eu fui contemplada com uma anestesia feita de água, até porque o fato era uma lenda urbana que nem a kombi dos palhaços, mas o fato é que aquele dentista não deu atenção às minhas mãos erguidas no ar em desespero. Eu pedia, pedia e pedia que ele freasse a broca, mas ele respondia “só mais um pouquinho, querida…” e seguia em frente com a obturação. E doeu muito. Tirando a vez que eu furei meu tímpano (um dia conto sobre isso), nunca senti tanta dor na minha vida.

Lembro até hoje das lágrimas que escorriam pela lateral do meu olho, e do som do motorzinho da broca.

Então eu confesso, Brasil… Eu tenho medo de dentista.

Eu também tenho pavor de palhaço e de barata, mas ao contrário do meu medo de dentista, esses dois medos não têm origem. Sempre achei palhaço e barata as coisas mais bizarras do mundo. Nasci com medo. Me alegro que a Kombi dos palhaços não seja de verdade.

(AAAAH!!!)

Enfim, lembrei da minha terrível experiência no dentista porque uma amiga passou ESTA MATÉRIA sobre duas moças que resolveram fazer preenchimento labial pela primeira vez (existe gente que faz isso mais de uma vez?…)

Elas estavam insatisfeitas com o formato de seus lábios e, motivadas pelos lábios de Kylie Jenner (que eu assumo: não sei quem é) foram a um cirurgião plástico fazer preenchimento. O vídeo é agonia pura, e eu sugiro que você não veja caso, assim como eu, tenha pavor de agulhas na boca:

Conclusões:

O procedimento realmente DOEU e elas ficaram com desconforto físico após as injeções. Não é uma coisa simples de ser feita, é muito mais do que algumas agulhadas, ou uma “mexidinha” (como dizem por aí) e o pós operatório é muito complicado. Enfim, é mais sério e invasivo do que parece.

Nós admiramos os lábios das celebridades, mas não paramos para pensar que elas vão ao consultório médico e levam agulhadas na face.

Uma das moças diz que não passaria pelo procedimento novamente por ser complexo e dolorido, e a outra diz que ainda não decidiu se faria novamente.

Enfim, estamos muito habituados com imagens do tipo Antes & Depois, mas vale a pena conhecer o durante, antes de decidirmos realizar uma cirurgia plástica.

Quanto a mim, continuo preferindo mexer na minha boca apenas se for necessário.

Anúncios

3 ideias sobre “Preenchimento labial

  1. Vívien Patrícia Garbin

    Quando fui no dentista e a anestesia não pegou, comecei a me contorcer que nem doida e ele não me largando. Acabei empurrando ele furiosa e gritei “tô com dor, cara***!!!!!”. Claro que nunca mais fui nele hehehehe
    Eu imagino o quanto uma pessoa deve estar focada para sentir dor para ficar se sentindo mais bonita. Chega a ser um pouco assustador.
    Beijos!

  2. Tamirovsk

    Eu amo muito esse canal! 😀 Eles tem uns vídeos muito interessantes como:
    https://www.youtube.com/watch?v=pKvB8vrgp5E que é sobre moças negras testando moda nude e https://www.youtube.com/watch?v=zRlpIkH3b5I que é sobre moças sendo photshopadas e como elas se sentem em relação a isso. Eu acho muito interessantes, porque são abordagens muito honestas e você consegue se identificar.

    Eu fiz um post no meu blog a respeito de representatividade e gostaria muito que você lesse! Seu blog tem sido uma inspiração pra mim há muito tempo. Beijos

    http://coisorfilas.weebly.com/dicas-e-blablabla/rotina-matinal-cabelo-cacheado-representatividade-importa

Os comentários estão desativados.