As 10 sugestões do NSE

Recentemente a Veja publicou uma matéria chamada “Os Dez Mandamentos da musa fitness”… Recebi o link de várias pessoas.

(Blogueiras…Fitness…ZZZZZZZ……..)

Quando me passaram o link, num primeiro momento a minha resposta foi “eu não sei lidar”…

Mas vamos lá: eu tenho um Blog e este Blog pode ser usado para dizer algumas coisas. Eu não tenho o alcance da Veja, não vivo de jabá e não passo filtro nas minhas fotos. Também nunca tentei ganhar dinheiro com a minha barriga (porque meu corpo não é um item exposto para ser avaliado, obrigada)

Então se você chegou neste Blog pelas águas tortuosas da internet, preste atenção na simples nutricionista que vos escreve:

Parece que as blogueiras têm uma vida saudável… mas não têm.

Parece que elas querem que o seu dia-a-dia seja #MARAVIDA… mas não querem.

Parece que elas dão várias DICAS de amiga… mas não dão.

Parece que elas sabem muito bem do que estão falando… mas não sabem.

Este é o significado de “blogueira fitness”:

Blogueira fitness. s.f.

Pessoa histriônica, dependente de likes, que exibe um estilo de vida fantasioso na internet e vive de publicidade velada.

(pode adotar, dicionário Aurélio!)

Já que as blogueiras têm MANDAMENTOS, eu tenho sugestões. Porque cada pessoa deve ter autonomia para cuidar da própria vida, do próprio corpo e da própria alimentação (e eu não sou o Todo Poderoso para sair por aí proclamando ~10 Mandamentos~…)

(Issaêê!)

1) O dia começa após um copo d’água.

Você não precisa beber nenhuma gosma verde detox que reconhecidamente não faz milagre nenhum pelo nosso corpo. É muito mais simples tomar um copo d’água, que não suja liquidificador e traz inúmeros benefícios para o corpo. O organismo humano é um sistema que funciona na presença de água! A água compõe o nosso cérebro, faz parte da regulação da temperatura corporal, ajuda na absorção de nutrientes, faz o intestino funcionar regularmente, ajuda a remover toxinas e ainda deixa a pele, cabelos, unhas e mucosas com aspecto bonito e saudável.

(#DETOX)

Mas e as frutas e vegetais?!

Oras, temos um dia inteiro para consumir hortaliças e frutas in natura, certo? Que tal na hora do almoço?

2) Marmita na balada?! Bem capaz!

É super positivo levar marmita para o trabalho, assim gastamos menos com restaurantes e evitamos lanches rápidos no lugar de um bom almoço. Mas pera aí, dona blogueira fitness… Você está sugerindo marmita em festas de casamento? Esta é a barreira final do comportamento alimentar perturbado. QUEM leva uma marmita de frango sem tempero numa festa de casamento? Quem perdeu a noção. Perdeu a noção de que nós não comemos só porque é uma necessidade, mas também por motivos de celebração, cultura, socialização. Nós gostamos de comer! E nós gostamos de festa! Então por favor, vamos aceitar a hospitalidade de quem preparou um jantar de recepção ou uma festa de aniversário com tanto carinho e atenção. Não sejamos indelicados.

♫ Hoje vai ser uma festa! Bolo, guaraná, muito doce pra você! ♫

3) Ninguém precisa (e ninguém quer) saber que você foi treinar.

Simples: não treine para se exibir para os outros. Treine para sua satisfação e pela sua saúde. Ninguém está realmente interessado numa chuva de hashtags sobre a sua série de supino. Aliás, você GOSTA de academia? Existem inúmeras atividades físicas válidas e algumas delas são até gratuitas, como subir escadas, dançar e passear com o cachorro.

As coisas que realizamos rendem muito melhor e proporcionam muito mais satisfação quando temos um motivo nobre. Tipo a auto-realização. Você não precisa mostrar suas conquistas pra TODO MUNDO… Você pode guardá-las no coração. É uma sensação boa e além de tudo reduz sensivelmente a chance de você se tornar um xarope nas redes sociais.

(#Ninguém#Quer#Saber)

4) Quem tem, tem medo

Esta reportagem mostra o que aconteceu com uma moça que quis seguir destemidamente os exercícios esdrúxulos de uma blogueira fitness. O medo, quando não é demasiado, é um bom termômetro para seguir a vida com bom senso. Você ainda não tem força, flexibilidade, experiência para executar um determinado exercício? Vá com calma. Não queime etapas. Conte com a ajuda de um educador físico. A vida não é o mundo mágico do Instagram e nós podemos nos machucar.

5) Prefira comida de verdade

Nem todo alimento que se autoproclama DO BEM é realmente DO BEM. Escolher os rótulos diet, light, sem glúten, sem lactose e blablabla não é garantia de que o alimento que você escolheu é saudável. Muitos dos produtos anunciados pelas blogueiras são ricos em adoçantes, acidulantes, conservantes, corantes… Baixa caloria não é sinônimo de saudável. O que é preferível, uma porção de gelatina Zero ou uma laranja inteira? Bom senso mandou lembranças.

6) Combinar uma regata laranja fluorescente com uma calça verde-limão e ter coragem de sair na rua

OK.

O “mandamento” número 6 manteve-se inalterado. Podemos nos vestir como acharmos melhor e ninguém tem nada a ver com isso, certo? Porque haveria de faltar coragem para usar uma roupa tão colorida e tão bacana?

7) Levar shake no bar corresponde ao princípio da marmita em casamento (previamente discutido no número 2).

Segundo Eclesiastes, 3: Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;

… E há tempo de shake e tempo de cerveja. E definitivamente, BOTECO não é hora de shake.

(embora que eu ache que não há absolutamente nenhuma razão para gastar nosso suado dinheiro com Shakes bobos, com gosto de gaveta, repletos de aditivos químicos e que podem causar danos ao nosso fígado… SIM, eu disse “gosto de gaveta”)

8) Quem não segue dieta, não comete extravagâncias.

É ótimo não seguir uma regra rígida do que podemos (ou não) comer e escutar as sensações de fome e saciedade do nosso corpo. A alimentação não precisa ser um desespero e não temos a obrigação de fazer dieta. Brigadeiro é brigadeiro! Podemos comer um ou outro e não precisamos de impostores feitos de massa de banana verde para fingir que estamos desfrutando um quitute.

9) Novamente: brigadeiro é brigadeiro!

NÃO: uma massa insípida feita de whey protein sabor chocolate, batata doce e leite de soja não é brigadeiro. Chamem de “esfera de whey” ou “bolotas sem lactose” ou “Maravida de Whey”. Ótimo. Mas não é brigadeiro.

(Bri-ga-dei-ro)

10) Você não precisa ter barriga negativa.

Ter uma barriga côncava é uma característica física de ALGUMAS pessoas. Muito poucas, mesmo. Ostentar barriga é uma besteira que normalmente povoa sites pró-anorexia. Existe um grande intervalo entre uma barriga anormalmente magra e uma circunferência abdominal que indique risco de doença cardiovascular. Não precisa ser tudo “8 ou 80”. Você não precisa ser a pessoa mais magra do mundo. Ter ossinhos da pelve aparentes não torna ninguém mas capaz, inteligente, saudável ou bonita.

Blogueiras não se importam com ninguém. Elas vendem a imagem de um estilo de vida saudável, mas tudo isso não passa de ilusão e marketing. Elas não te conhecem, não sabem das suas lutas e dificuldades, não querem te ver melhor nem mais dispost@. Elas só precisam da sua atenção e da sua curtida. Não lhes dê.

Anúncios

14 ideias sobre “As 10 sugestões do NSE

  1. Veronica

    Lembram quando nossos avós queriam seus filhos gordos portanto saudáveis, mesmo que os pediatras tentassem esclarecer que cada criança tem um tipo físico? Uma tia dava leite condensado na mamadeira para seu bebê de 4 meses (além de obeso, hoje ele não tem dentes). Outra dava pastel com guaraná no lanchinho das 10h, enquanto distraía a menina com sua maquiagem (a moça fez cirurgia bariátrica qdo adulta).

    Pois a moda sem-noção e sem-saúde dos anos 2015 é dar whey para bebês! “Pra quê dar leite cheio de gordura (sistema hormonal, nervoso, absorção de vitaminas etc. é pros fracos) se se pode dar proteína?”, pergunta uma musa fitness grávida. Sério.

  2. Rafaela

    Olha, concordo com tudo que você escreveu – e acho seu blog muuuuito bom, mas fica claro no texto da Veja – principalmente através dos gifs – que se trata de um deboche. É um texto irônico, nada mais. O autor da lista pode não ter sido claro, mas é só ter um pouquinho de senso de humor para ver a brincadeira. bjs

  3. Scarlet Ormundo

    Nossa adorei o texto… Até q fim alguém com senso de realidade, aqueles sucos verdes (já bebi) e esse tal “brigadeiro” (nunca comi) são terríveis…

Os comentários estão desativados.