Olhe esse bolo.

Na página de um educador físico, encontrei a seguinte imagem:

olhe o bolo

 

Ok. Ali estava o bolo. Em seguida, ele propunha:

Agora olhe para a sua barriga. E olhe para o bolo de novo e decida: quem vai vencer?

Aí começava um texto falando sobre como o mundo é dividido entre VENCEDORES e PERDEDORES e sobre como os PERDEDORES são aqueles que sucumbem ao bolo de chocolate que é um vilão terrível e blablabla

Tipo assim:

… Vitória & Derrota, Desonra & Glória….. papos estranhos. Só por causa de um bolo de chocolate.

Aliás, para os profissionais do Instragram, se você comer UMA FATIA de bolo, vai te acontecer isso:

(~jaquei~)

Como estamos no feriado de Páscoa e vai ter muito mimimi em torno do terrível chocolate que só existe para macular o nosso SHAPE (#ironia)

Decidi trazer o post do bolo aqui para o NSE e fazer nos meus termos:

28531-Chocolate-Cake

É de chocolate e é muito gostoso. Não é um inimigo, não é uma coisa maligna, não vai te engordar em questão de minutos.

É só um alimento. Olhe para ele da mesma maneira que você olha para um brócoli ou um copo de iogurte. Não tenha medo. Respire fundo. Só olhe.

Este bolo não tem o poder de te tornar obeso da noite para o dia. E nem vai comprometer a sua reputação e a sua moral.

Bolo de chocolate é bom e todo mundo gosta. E às vezes a gente come. Com motivo de celebração, festividades… Ou por motivo nenhum. Só porque é gostoso e deu na telha.

Niguém tem nada a ver com isso e quem faz as escolhas sobre o seu corpo e a sua alimentação é VOCÊ.

Não vamos falar sobre sacrifício, batalha, valores espartanos, vitória, derrota, guerra da “”força de vontade”” contra os alimentos do mal.

Porque é bobagem: É SÓ UM BOLO DE CHOCOLATE.

Não existe alimento que engorda e alimento que emagrece. Nem alimento certo e alimento errado.

A questão não é o alimento em si, e sim o uso que se faz dele.

O que vai definir se o bolo de chocolate engorda é a QUANTIDADE e a FREQUÊNCIA do consumo.

Pode comer. Pode saborear. Pode ser feliz. Não precisa comer só metade da fatia.

Não precisa correr 300 Km só por que comeu uma FATIA DE BOLO.

Converse com os amigos. Respire. Celebre. Sinta o sabor, a textura a temperatura do bolo. Deguste.

O mundo não é feito de “vencedores e perdedores” e, definitivamente, comer o bolo não faz de ninguém um fracassado.

pirulitos-chocolate-estrelados

Sejamos mais flexíveis. Mais humanos. Mais indulgentes. Mais orgânicos. Mais mortais.

Podemos comer DE TUDO com moderação e bom senso.

Aliás, Oscar Wilde dizia que “convém ser moderado em tudo. Até na moderação.”

Talvez você um dia chute o balde (me recuso terminantemente a empregar o termo ‘jacar’). E-d-a-í?  Faz parte. Quem nunca?

Novamente: quem faz as escolhas em relação à sua alimentação e seu corpo é VOCÊ, e ninguém tem nada a ver com isso.

Não precisa sentir medo. Nem culpa. Nem justificar a “gordice” nas redes sociais: é só um bolo de chocolate.

Chega de terrorismo. Chega de “oito ou oitenta”. Chega de ridículas analogias militares. Não existe nenhuma guerra.

Vamos viver.

Desejo uma FELIZ PÁSCOA com renovação do coração, esperança, paz, fé e amor por si e pelos outros (…é disso que se trata).

Com luz no coração, você irá perceber que a comilança fica em segundo plano. É só não dar aos chocolates um PROTAGONISMO DESNECESSÁRIO.

Vamos viver.

Meu nome é Paola Altheia. Eu sou nutricionista e eu gosto do bolo de chocolate.

Pega eu.

Anúncios

26 ideias sobre “Olhe esse bolo.

  1. Pingback: Vale O Clique #26

Os comentários estão desativados.