De bem comigo!

Olá car@ usuári@ do aplicativo “De Bem Comigo”.

Gostaria de te desejar as boas vindas ao nosso espaço. Um espaço de amor próprio, relaxamento, perseverança, gostosuras.

app

Talvez você esteja passando por um problema difícil. Talvez algumas pessoas saibam o que está acontecendo. Ou então quem segura essa barra é você e ninguém mais.

Talvez você tenha ouvido que esse problema que você sofre é “frescura”, “besteira”, coisa de gente “desocupada” que não tem “problema de verdade na vida”.

Te asseguro: não é.

Os transtornos alimentares são doenças, doenças muito sérias e que vão muito além da “força de vontade”. A Ana (anorexia) e a Mia (bulimia) são duas amigas cruéis, perversas dissimuladas. Do pior tipo de que existe: falsas amigas. Elas chegam de mansinho, vão tomando o espaço que lhes é dado. Ocupam o espaço que a gente permite. Até que o sequestro é completo. O preço do resgate? Nossa vida, nossos sonhos e nossa saúde. Elas prometem que podem te ajudar, te aliviar, te fazer sentir melhor, mais apta. Elas fazem você se sentir uma pessoa especial, que carrega um diferencial em relação aos demais. O segredinho nefasto. O segredinho maldito. A falsa promessa: você não precisa de comida.

O transtorno alimentar é fundamentado na mentira. Na dinâmica da mentira, se torturar é se cuidar, piorar é melhorar, afundar é emergir, se isolar é ter sucesso, estar mal é estar bem, quem te ama te odeia e quem te odeia te ama. Tudo, tudo invertido. Tudo de ponta-cabeça. Porque é assim que a Ana e a Mia te deixam depois que te tomam de assalto.

Além da Ana e da Mia, há outros problemas que causam o mesmo tipo de caos nas nossas vidas: ortorexia (obsessão por alimentação saudável), compulsão alimentar, vigorexia (obsessão por musculatura definida), ou outros tipos de transtornos alimentares não específicos (a gente sabe quando algo não vai bem, certo?)

Reconheceu a situação? Você está enxergando tudo sob a ótica da mentira? Tá tudo de ponta-cabeça?

 

Então pára. Respira, e respira fundo.

RECU

 

Este é o primeiro dia da sua recuperação. Que será longa, dolorida, difícil. Mas valerá a pena. Porque vamos mandar a Ana e a Mia embora de uma vez por todas. Você merece amor de verdade.

Há muito tempo você já se acostumou com vida qualquer, amor qualquer, comida qualquer, rotina qualquer. Você não merece qualquer coisa: você merece tudo de bom que existe na vida. Você tem talentos, beleza, amor, potencialidades. Você não precisa merecer. Você não precisa se esforçar. É tudo, tudo seu! Vamos tomar de volta!

Está dispost@?

lovey

…Você baixou o app. Você veio até aqui. Você leu até aqui. Então arrisco dizer que sim!

Vamos lá? Para esse comecinho de jornada, tenho três conselhos!

1) A prioridade é organizar os seus sentimentos. Você precisa tentar parar de controlar o seu corpo. Porque ele sabe o que faz. Você lembra de como as coisas eram mais simples antes do transtorno chegar?

2) Procure ajuda de amigos, familiares, pessoas que você confia. Que tal escolher alguns companheiros de jornada? As coisas são sempre muito mais difíceis quando estamos sozinhos. O transtorno alimentar vive de sombras. Eles gostam de se esconder naqueles pedaços escuros do nosso coração. O melhor remédio para problemas escondidos nas sombras…é trazê-los à luz. Se você nunca contou para ninguém, considere a possibilidade de falar sobre o seu problema. Pode ajudar.

3) FUJA de conteúdo que pode atrapalhar seu tratamento. Instagram Fitness, sites pró-ana, fitspo, thinspo, ambientes onde só se fala de corpo e dieta (a academia, por exemplo…). Fuja. Estes são os primeiros passos e é muito importante que você se preserve das influências negativas. Aqui no aplicativo há muitas sugestões de leituras seguras que irão te ajudar. Blogs e artigos muito bons, de pessoas que confio e sei que podem te fazer bem! Fique por aqui, porque este é um ambiente seguro.

Vamos nos despedir da Ana e da Mia? Vem com a gente!

Estou aqui para ajudar! Te estendo a mão e desejo sucesso, um beijo no coração 🙂

 SAIBA MAIS sobre o aplicativo aqui!

Anúncios