“É uma questão de saúde.”

Ela chegou ao topo.

maria

(Maria Melilo, ex-participante do Big Brother Brasil 11)

Ao topo da escala de valores da sociedade ocidental: aparência, dinheiro, fama… Fazer inveja aos outros.

Ela venceu o BBB 11, ganhou um monte de dinheiro, apareceu na TV, fez ensaio sensual, vendeu revistas, foi elogiada nas redes sociais e em reportagens. “Gostosa”. “Sarada”. Que tudo!

Tudo que uma brasileira que se alimenta de mídia e TV no século XXI deseja, certo? Ter “corpão” de rainha de bateria, fazer ensaio no site Paparazzo, participar de programas de TV, sair na revista Caras. Um verdadeiro sonho.

E qual foi a recompensa? Um câncer de fígado. Ela ficou viciada no uso de anabolizantes, ficou “linda” por fora (“lindo” é uma questão de ponto de vista) e comprometeu seu organismo por dentro. Fez uma cirurgia para remover 70% do órgão.

Ex-BBB Maria Melilo associa seu câncer a anabolizantes.

Um conselho? Da boca da Maria?

“- Não podemos colocar a vaidade na frente da saúde”.

Acontece (e muito!) de disfarçarmos nossa vaidade e necessidade de aceitação como preocupação com a saúde. Ouço comentários como “é sempre bom melhorar a qualidade de vida, ter saúde, se cuidar…

Eu concordo. É importante ter Saúde.

Mas para termos uma vida SAUDÁVEL, nos cuidarmos…

Será que:

Precisamos comprar roupas de academia coladinhas e muito caras?
Precisamos tirar nossa própria foto no espelho, publicar na internet e aguardar pelos elogios?
Precisamos gastar dinheiro com suplementos alimentares?
Precisamos forçar nosso corpo a um “objetivo” absurdo e desgastante… Puxar mais ferro do que aguentamos, correr mais longe do que podemos, comer menos do que precisamos?

Arrisco o palpite: saúde e paz interior são conceitos que foram embora FAZ TEMPO.

A questão aqui é: vaidade, status, aceitação social, culto ao corpo, culto à imagem, culto à performance, competição, reprodução da dinâmica ocidental do ganhador X perdedor.

Saúde e QUALIDADE de vida não têm NADA A VER com

Isso:

994342_374129232717658_1212590127_n

(desrespeitar superar os seus limites corporais para mostrar a sua bundinha para os outros? Really? REALLY?)

1463075_250340021789779_552176167_n

(“FOCO” é dizer “não” para UM pirulito? Um mísero, inocente, simples pirulito? Dá licença… Vou focar nos meus estudos.)

1240524_434652929989028_1115527070_n

(Aí EU te digo: o nosso corpo NÃO É infinitamente maleável de acordo com nossa vontade. Somos pessoas. Não somos massa de modelar.)

575623_462741253811859_1335525411_n

(Comida…PPFFFF. Quem precisa de comida? Energia, nutrientes… Bela porcaria.)

Anúncios

3 ideias sobre ““É uma questão de saúde.”

  1. Laura

    A questão é a seguinte, concordo com tudo, mas para ter uma vida saudável as vezes é necessário sim o uso de suplementos…. eu comecei a fazer exercícios físicos pois estava sedentária… em um mês emagreci cerca de 1 kg…. como foi extremamente rápido, procurei um médico e com os exames descobri q estava perdendo massa magra… como resolver? com suplementos… o consumo de nutrientes, apesar de ser o ideal, meu organismo não “queimava” o certo… Hoje, tomo proteína após os treinos, não emagreci mais, apenas fortaleci partes do corpo e todos os exames estão ótimos…. a ideia para ter uma vida saudável é saber equilibrar alimentação e exercícios, e as vezes, uma ajudinha é necessaria!

  2. Não sou Exposição. Autor do post

    Comentários gordofóbicos não serão aprovados. Nem se dêem ao trabalho.

    (“quem não tem raça para malhar na academia são pessoas fracassadas gordas e perdedoras porque blablablablablablabla”)

Os comentários estão desativados.