Aos 3 anos.

Um estudo publicado na revista British Journal of Developmental Psychology sugere que crianças de 3 anos se preocupam com aparência e peso.

A pesquisa foi feita com meninas em idade pré-escolar, e indicou que mais de 50% delas se sentem desconfortáveis com a própria aparência, um terço gostaria de perder peso ou mudar a cor dos cabelos.

(um parênteses para lembrar que elas têm TRÊS ANOS. Três.)

31% das meninas afirmaram que “quase sempre” se preocupam com sua aparência, sendo que 18% delas pensam nisso “às vezes”.

30% das crianças gostariam de modificar algum dos seus atributos físicos.

…Quando eu tinha 3 anos, eu chafurdava na caixa de areia da escolinha.

Pois bem.

Todo mundo já percebeu que nós, os adultos, IDOLATRAMOS o corpo…E damos um grau de importância enlouquecido à aparência, em especial à magreza.

Paramos para pensar que quando discutimos sobre a modelo da capa da revista, a celulite das celebridades, a dieta da melancia, a barriga “chapada” do ator (barrigas fumam maconha?!) …As crianças estão na sala?

As reações das crianças não vêm do nada. Nós estamos ensinando esse comportamento paranóico. Através das nossas atitudes e discursos.

O mundo que vamos deixar para as nossas pequenas terá espaço para atributos não-físicos? Ou é melhor aplicarmos Botox no rostinho delas desde já?

Anúncios