Gordurinha indesejada (?)

Mais uma das figurinhas tristes que circulam pelo Facebook:

lipofobia

Um exemplo de lipofobia, que é atribuir características ameaçadoras e negativas a uma substância, fisiológica, normal, e que faz parte do nosso organismo: a gordura.

A historinha demonstra que se uma garota tivesse a possibilidade de remover a gordura do seu corpo, sua vida se tornaria, repentinamente, feliz, perfeita e “cheia de estrelinhas”.

Acontece que existem muitos enganos em relação a este tipo de pensamento. Porque emagrecer não é a porta de entrada para um mundo de sucesso e felicidade. Isso é uma mentira propagada pela mídia, para lucrar em cima da nossa ansiedade e nossa insatisfação corporal.

Também não existe uma fórmula “mágica” e rápida (seja uma dieta, uma cirurgia, ou um procedimento estético) que transforme a nossa vida de forma saudável e duradoura.

Outra coisa: mulheres têm mais gordura corporal do que os homens. Simplesmente têm. É normal. É fisiológico, e é constitucional. Nossa constituição corporal é resultado de: genética, alimentação, estilo de vida, contexto social, cultura, geografia. MUITOS FATORES fazem você ser quem é, e como é. Não somente você, um espelho e uma opinião.

A imagem mostra um corpo mudando de tamanho. E só.

A imagem não fala sobre habilidades esportivas ou acadêmicas, relacionamentos, amizade, jornada profissional, saúde, caráter, qualidades pessoais, maternidade, família, viagens, interesses… NADA.

E um corpo por si só, não significa NADA.

Mudar o tamanho dele não torna ninguém melhor ou pior. Isso é mentira. E ilusão.

Anúncios

2 ideias sobre “Gordurinha indesejada (?)

Os comentários estão desativados.