Alfie.

De acordo com um recente estudo publicado pela Universidade de Leeds, no Reino Unido, crianças bastante jovens interpretam que estar acima do peso é uma característica pessoal ruim.

Os pesquisadores conversaram com crianças entre 4 e 7 anos. Cada criança leu um livro ilustrado sobre um personagem chamado Alfie. Havia diferentes versões da história. Afie podia ser de peso normal, gordo ou cadeirante. Após a leitura da história, perguntaram às crianças se elas desejariam fazer amizade com Alfie.

Early start: Children learn to dislike people from an early age, with kids as young as four being 'fattist'

(ALFIE: As três diferentes versões do personagem da história)

Somente uma das 43 crianças que ouviram a história sobre o Aflie-gordo disse que seria amiga dele. As demais crianças disseram que Alfie-gordo provavelmente não gostaria do próprio corpo, não seria convidado para festas e se sairia mal na escola e nos esportes.

O personagem Alfie-cadeirante não foi avaliado negativamente na mesma proporção que Alfie-gordo.

De acordo com Andrew Hill, autor do estudo, o estudo reflete como a obsessão social pelo tamanho corporal afeta as crianças:

“Creio que existe uma crença social velada, que relaciona a moral das pessoas com o formato do corpo. É um discurso muito poderoso, e as crianças são sensíveis à ele.”

Leia sobre o estudo em: The Huffington Post.

Anúncios