Transição

Mulheres americanas negras decidem voltar aos seus cabelos naturais.

Vídeo belíssimo. Vale a pena assistir.

Tenha orgulho do seu cabelo: seja qual for a cor, a textura ou o comprimento. Ele é SEU.

Nunca peça desculpas por ser você. Que nos peçam desculpas por pedir-nos algo diferente.

Anúncios

5 ideias sobre “Transição

  1. Ray

    Muito obrigada. Eu espero que um dia essas ditaduras da beleza deixem de existir.. as pessoas sofrem demais com isso. Eu tive que fazer mastectomia e quimioterapia com 20 anos… foi difícil demais passar por isso. A gente é bombardeada o tempo todo com essa história de aparências.

    E um adendo sobre o post: mulheres negras só não são consideradas o must dos padrões de beleza por questões racistas, ridículo. E se elas se tornassem padrão, novamente ia ser o impossível, porque não ia ter tratamento de cabelo no mundo que ia imitar o cabelo natural de uma negra. Ah, não ia mesmo.

  2. Não sou Exposição. Autor do post

    Fantástico comentário, Ray!

    Tudo o que você disse é a minha motivação para criar e manter este Blog. Está mais do que comprovado cientificamente (e EMPIRICAMENTE, porque todas nós sentimos na pele) que ter vergonha do próprio corpo, se sentir inadequada e não-aceita diminui a qualidade de vida das mulheres em muitos aspectos, causando ansiedade, stress, baixa auto-estima, distorção da imagem corporal e até queda no rendimento físico/esportivo. Tudo isso é movido a LUCRO. E a razão de existir desse lucro é a nossa infelicidade. E isso está absolutamente errado. É cruel, maldoso e desajustado.

    A preocupação com/celebração da tríade beleza-corpo-aparência existe há centenas de anos. O que é diferente hoje é o PAPEL CENTRAL que isso tomou nas nossas vidas. O culto ao corpo se tornou a nova religião da sociedade contemporânea. Está em todos os lugares, em todos os produtos, em todos os discursos. É intoxicante.

    MAS quando nos pedirem que tenhamos uma pele verde, NÃO PRECISAMOS nos retirar do planeta. Não somos obrigadas. Podemos assumir a nossa pele não-verde. E dizer que NÃO: não entraremos no esquema.

    Grande abraço =]

  3. Ray

    Eu estava divagando com um amigo meu o seguinte.
    Padrões de beleza são baseados em algo impossível de se obter.

    Antes ser gorda era o padrão, porque só era gorda quem era muito rica pra poder se alimentar.
    Hoje o padrão é ser magra anoréxica porque mesmo os pobres tendo acesso a comida, a comida de má qualidade é mais calórica do que a gente precisa, sendo difícil manter boa alimentação. Aí aquelas pessoas mesmo que tem o biotipo de magra acabam tendo facilidade de engordar.
    Detalhe que aquelas modelos da victoria secrets por exemplo em dia de desfile fazem jejum de comida e água. Porque é uma coisa impossível de acontecer.

    Ter o cabelo cacheado já foi padrão e se você tivesse cabelo liso era uma mulher sem graça. Hoje é o contrário.
    Engraçado que até mulher com cabelo liso faz chapinha e o escambau, porque o liso que é vendido NÃO EXISTE.

    No fim das contas, as pessoas tão aí se matando por causa de algum bocó que decide o que é bonito ou não.
    Eu espero cair fora desse planeta antes que o padrão de beleza seja ter a pele verde.

Os comentários estão desativados.