A Plateia

Existe um fenômeno sociológico muito complexo chamado: auto-objetificação (“self-objectification“). Ele acontece com todas nós.

Quando ocorre a auto-objetificação, uma pessoa não só é considerada um objeto, mas ela mesma se enxerga e se sente como um objeto.

Ocorre a perda da consciência corporal, e da noção de todo. Ocorre também uma grande insegurança e a sensação de que estamos sendo observadas.

Então, quando estamos diante do espelho, mesmo que estejamos sozinhas, existe: você, o espelho…E a plateia.

Audience_ANOH_1

A plateia julga, comenta e ridiculariza os nossos corpos. A plateia é muito crítica, e provoca vozes na nossa mente. E é muito, muito difícil nos livrarmos dela.

Para explicar de maneira simples, é como se nossa vida deixasse de ser vivida na PRIMEIRA PESSOA:

first(uma ação em primeira pessoa: você está no comando.)

E passamos a perceber-nos na TERCEIRA PESSOA (ou seja, como se existíssemos FORA de nós).

mario

É um fenômeno mental/corporal/cognitivo muito, muito complexo. É resultado de anos de doutrinamento mental pela ideia de que: “existimos para sermos observados pelos outros”. Resulta na perda de contato corporal, perda da noção de perspectiva, perda do senso de identidade, distúrbios alimentares, imagem corporal negativa, ansiedade e depressão.

RECUPERE-SE! Preste atenção em suas ações em primeira pessoa. Você é autora da sua vida, e não espectadora!

Anúncios