Transtorno Alimentar não é legal.

Já comentei anteriormente que as imagens e a “filosofia” Thinspo preconizam os transtornos alimentares, mais especificamente, anorexia e bulimia como estilo de vida e como uma escolha pessoal.

Compartilhar este tipo de imagem retarda tentativas de tratamento, encoraja o crescimento da doença, e é uma irresponsabilidade imensa.

Recentemente, encontrei uma imagem Thinspo que mostrava  uma figura emagrecida de Lindsay Lohan, acompanhada dos seguintes dizeres: “mostre-me seus ossos, e eu verei sua alma.”

lindsay_lohan_looking_anorexic_with_cleavage_005

Uma mensagem perigosa e arrepiante. Emagrecer severamente não expressa as coisas mais belas de nossa alma, mas sim, destrói.

Acreditar que anorexia e bulimia são doenças “glamourosas” porque são “doenças de celebridade” é um equívoco muito grande.

A própria Lindsay explica porque:

“Uma vez quando eu tinha 18 anos, eu me senti tão mal que deitei na cama sentindo dores dilacerantes. Eu gritava e atirava coisas porque minha cabeça doía muito.

Eu terminei no hospital. Meu fígado estava inchado, tive uma infecção renal e minhas células brancas aumentaram. Fiquei branca como um fantasma e não tinha forças para caminhar. Não conseguia nem mesmo tomar um banho.”

Slide1

Se você sofre com este problema, PROCURE AJUDA!! Não desapareça!

Anúncios

2 ideias sobre “Transtorno Alimentar não é legal.

  1. Não sou Exposição. Autor do post

    Conheço, Kamila! Infelizmente os movimentos “Pro-Ana” ainda existem.
    Não tanto na forma de Blog, mas como imagens, principalmente nos tumblr.

    Essas mensagens são muito perigosas e devemos combatê-las!

    Muito obrigada pela visita!

  2. Kamila

    Achei seu blog procurando uma imagem para postar no meu blog e adorei os assunto sobre o qual você trata.
    Esse post sobre os transtornos alimentares me lembra a época em que era “moda” garotas criarem o blog o com tema “pró-ana” ou “pró-mia”. Já ouviu falar? Enfim, eram diários em que essas garotas contavam sobre a sua dieta pobre em calorias e nutrientes e sobre o sonho que tinham em emagrecer o mais rápido possível. Muitos desses blogs ainda estão no ar. Eu ficava espantada com os depoimentos que via. Pessoas com esse tipo de doença não admitem que precisam de ajuda, na maioria das vezes, e isso é péssimo…

Os comentários estão desativados.