Natal!

Este é um período de vivermos as tradições de cada família.

Montar a árvore, montar o presépio, distribuir presentes, encontrar as pessoas, desejar paz e um bom ano para quem está próximo, e uma das coisas que completa o quadro é…a Ceia de Natal.

Infelizmente, um banquete em família, um momento de união e celebração, para algumas pessoas pode se tornar fonte de uma grande ansiedade.

“vou comer tudo que não pude comer neste ano!”
“vou passar a semana inteira sem comer para compensar”
“nossa, não posso comer isso…”
“hoje eu enfio o pé na jaca!”

É simplesmente…Uma refeição. Interpretações desajustadas e distorcidas, preocupação com a aparência, hedonismo, típicos da nossa sociedade acelerada podem contribuir para transformar um bom momento em uma extravagância alimentar, e o momento da ceia pode receber um protagonismo desnecessário.

No final do ano, não são necessários exageros. Nem para mais, e nem para menos.

cantata_natal

Podemos comemorar com consciência e moderação, sem que seja necessário um ataque gastronômico, seguido de uma crise de culpa e talvez uma dor de estômago. Ninguém precisa disso.

Feliz Natal e Feliz 1013 =]

Anúncios