Celulite

Recebi a sugestão de tema de uma colaboradora, que me enviou este texto. A matéria explica quais são os inúmeros sacrifícios que uma mulher “deve” fazer para lutar contra a celulite.

Algumas frases do texto me chamaram a atenção, mas para começo de conversa:

A lipodistrofia ginóide, ou “celulite”,  é uma condição dermatológica que acomete 85% da população feminina. Há várias causas bio-fisiológicas para a sua manifestação, e a microcirculação subcutânea é afetada, podendo levar a quadros de má-circulação sanguínea e edema nos lugares afetados.

NO ENTANTO: esta condição não é propriamente considerada um estado patológico (ou seja, uma doença) e na maioria das vezes causa apenas perturbações estéticas, originadas pela cobrança dos padrões de “beleza” da atualidade.

Os problemas de saúde relacionados com a celulite (alterações no equilíbrio hídrico, problemas micro-circulatórios, compressão do sistema linfático, entre outros) são consequência de hábitos alimentares inadequados, tabagismo, sedentarismo, obesidade. Portanto, o importante é vivermos um estilo de vida saudável, com alimentação de qualidade, ingestão hídrica e exercício físico para TERMOS SAÚDE e boas possibilidades de realizarmos nossas atividades, e não para combatermos a celulite especificamente. A guerra conta a celulite é puramente estética.

Como diminuir a celulite
Celulite: a “terrível” manifestação cutânea que está presente em 85 em cada 100 mulheres, e que de acordo com algumas linhas de discurso, pode destruir vidas (#sóquenão).

Então vamos às citações do texto:

“A celulite é a pior inimiga de todas as mulheres”

A PIOR? Interessante, sempre pensei que fosse a violência doméstica, o estupro, a discriminação no ambiente de trabalho, o assédio moral, o câncer de mama, o HPV, a ditadura da beleza, os transtornos alimentares…

“Se tem algo que as mulheres mais temem esse algo é a celulite”

Aparentemente, a mulher que vê na celulite o seu maior temor… tem sorte. A sorte de nunca precisar temer o comportamento violento do cônjuge, o desemprego, o desamparo dos filhos, problemas de saúde, enchente dentro de casa, falta de dinheiro para comprar bens de primeira necessidade, as situações sociais humilhantes.

“Até as celebridades com o corpo mais bonito têm celulite”

QUEM DIRIA! Celebridades são pessoas! Elas têm pele, gordura, vasos sanguíneos… Nunca pensei.

“…o que se deve fazer é não ter vergonha, e simplesmente fazer o máximo para que elas diminuam e não apareçam mais.”

Orientação contraditória em si mesma: “não tenha vergonha, mas faça o possível e o impossível para eliminar essa MONSTRUOSIDADE do seu corpo, ok?”

“Todas podem se espelhar em dançarinas, atrizes e apresentadoras que também se preocupam muito com seu corpo perfeito, para se ter uma idéia as famosas passam horas na academia para manter seus corpos sempre em forma”

1) Não é bom “nos espelharmos” em ninguém. É muito bom termos autenticidade e descobrirmos o que nos faz bem, e o que é saudável. Você quer ser VOCÊ…ou a garota da revista?

2) “Preocupar-se muito” com o corpo perfeito, e passar “horas na academia” são comportamentos tipicamente PATOLÓGICOS, relacionados com baixa auto-estima, transtornos alimentares e transtorno dismórfico corporal.

3) As HORAS passadas dentro da academia poderiam ser convertidas em atividades saudáveis e enriquecedoras como cuidar da família, estudar, cozinhar uns bons quitutes, brincar com o cachorro, namorar, ajudar a quem precisa ou montar um quebra-cabeça de mil peças. Que tal? É você quem escolhe!

“mas depois de começar os exercícios e alimentação correta não devemos desistir porque as celulites estão loucas para estar em seu corpo perfeito.”

As celulites estão loucas para destruir meu corpo perfeito? Ok… Não seríamos nós que estamos LOUCAS para eliminar algo que existe NORMALMENTE no nosso corpo?

Não esqueçamos também do Photoshop: nem sempre o que nossos olhos vêem (quase nunca) corresponde à realidade.

É isto.

Vale lembrar que o prefixo “gino” (de lipodistrofia ginóide) diz respeito a tudo que envolve o gênero feminino, ou seja, é uma coisa de mulheres, portanto a “luta” é nossa.

Some a luta contra a celulite com:

– a luta contra as estrias
– a luta contra os seios pequenos
– a luta contra os cílios curtos
– a luta contra as manchas na pele
– a luta contra as pontas duplas
– a luta contra os músculos indefinidos
– a luta contra os pêlos no nosso corpo
– a luta contra as olheiras
– a luta contra a “flacidez”
– a luta contra as rugas
– a luta contra os cabelos brancos
– a luta contra as linhas de expressão
– a luta contra o formato das sobrancelhas
– a luta contra as calorias
– a luta contra a balança
– a luta contra o nariz imperfeito
– a luta contra a palidez da nossa pele
– a luta contra o nosso “cabelo ruim”
– a luta contra nossos dentes não-tão-brancos

Enfim, a luta contra NÓS MESMAS.

E boa sorte!

Anúncios

2 ideias sobre “Celulite

  1. Não sou Exposição. Autor do post

    Oi Vitória!

    Não tenha dúvidas da existência do “transe coletivo”. É exatamente o que acontece, e não é por acaso. É uma estratégia muito bem pensada. Para deixar as mulheres desesperadas e vulneráveis. O objetivo é nos levar ao consumo de produtos feitos para “corrigir” a nossa “imperfeição”. Um abraço! =]

  2. Vitória Luisa

    Achei super bacana a própria Britney ter divulgado a foto original (se eu não me engano a história foi mais ou menos essa); muitas vezes tenho a sensação de estarmos todas em uma espécie de “transe” coletivo em busca da “perfeição” (Seja lá qual for…) e aos poucos, grande parte tem breves momentos de lucidez. : )

Os comentários estão desativados.