E se eu conseguir?

O texto de hoje foi escrito pela Thaiana Vaz Cutini, psicóloga parceira do NSE e autora do Blog “Mulheres que Se Transformam“:

Quando pensamos em medo e nas coisas que nos travam de obter sucesso, pensamos no medo do fracasso, certo?

O medo de tentar e cair de cara no chão, do que os outros vão dizer, de perder tempo e dinheiro investido, fora o nosso emocional e nossa auto confiança que ficam lá no zero quando falhamos. Podemos chamar essa postura mental e comportamental de pessimismo ou realismo, como quiser, mas o importante é que ela tem um impacto enorme sobre os nossos resultados.

(“Não vai dar certo”)

Uai, como assim?

O que você pensa e como pensa invariavelmente vão influenciar no seu sucesso. Parece papo de auto ajuda, talvez? Mas tem um grande fundo de verdade. Pensa comigo agora: imagine-se agora conquistando algo que deseja, uma meta, um sonho. Plim! Você conseguiu.

Isso parece bom, parece agradável e te faz sentir bem? Se sim, não é fácil concluir que você vai se dedicar mais e ter mais disposição? E pensando de maneira oposta, se a ideia de atingir sua meta é extremamente desagradável e parece um tanto quanto impossível, você não acha que a chance de sucesso é bem menor? Afinal, a disposição, o humor e o empenho diminuem.

Nós nos dedicamos mais ao que gostamos de fazer. Simples assim.

Claro que nem tudo é perfeito e muitas vezes temos que fazer coisas desagradáveis, faz parte. Só digo e imagino que você vai concordar que é muito mais fácil e gostoso fazer uma atividade que você gosta do que uma que detesta, certo?

E porque eu estou falando disso tudo?

Pra falar de uma outra face do medo, uma que é super comum e sabota os nossos esforços:

O medo de vencer.

É o medo de tudo dar certo!

“Ah, mas isso não faz o menor sentido. É claro que eu quero ter sucesso! É claro que eu quero conseguir alcançar minhas metas!”, pensou algo assim?

Pode ser que seu medo seja de fracassar e não de vencer, é totalmente possível. Pode ser que seja os dois.

O fato é que ele existe. Vejo constantemente pessoas se sabotando por medo de conseguir.

O medo do sucesso, por parecer algo tão absurdo talvez, é mais velado.

Ele existe pois em algum lugar do seu inconsciente você associou sucesso com algo ruim.

Pode ser que tenha aprendido que se perder peso e ficar magra vai trair seu marido ou seu companheiro, que vai cair em tentação, que as pessoas vão sentir inveja e você vai perder amigos.

Pode ser que a promoção e o sucesso no trabalho no fundo, bem lá no fundo do seu ser, signifique no seu interior, que as pessoas vão te odiar.

Talvez você tenha visto isso tudo acontecer com alguém próximo, um parente, um amigo e pronto: bastou pra acreditar que sucesso, da forma que for, no âmbito que for, traz coisas ruins e aí não tem jeito. Vai ter sabotagem, vai ter medo… vai ter resistência.

É claro!

Se sucesso quer dizer que algo ruim vai acontecer, quem em sã consciência vai querer isso?

O que estou querendo dizer é…. investigue-se. Reflita.

Você pode modificar esse cenário.

O que o seu sucesso evoca? Traz emoções positivas? Te traz boas sensações?

Você se imagina conquistando o que deseja e isso é bom?

(Eu consegui)

Ou te dá um aperto no peito, uma falta de ar, alguma coisa ruim que não sabe explicar?

Se esse é o caso, PARE.

Pare mesmo! E mãos a obra. É muito provável que a sua ideia de sucesso não esteja alinhada com seus valores internos (acontece muito) ou realmente houve uma associação negativa aí.

(Cuidado com o que você deseja, porque você pode conseguir. E se você conseguir, pode ser que você não consiga lidar)

Veja bem, nosso cérebro associa informações o tempo inteiro. Isso é normal, faz parte de ser humano. É por isso que quando sentimos cheiro de laranja lembramos da casa da avó e da feijoada aos domingos.

É por isso que vemos uma camisa no armário e sentimos falta do nosso parceiro….

O nosso cérebro pega várias informações e as conecta de uma forma que não temos controle, é algo que dizemos ser inconsciente.

O que acontece é que muitas vezes essas associações foram feitas quando éramos muito novos, crianças talvez. Absorvemos então ideias sobre dinheiro, beleza, sucesso, saúde e saímos reproduzindo isso por aí sem nem notar, até mesmo quando não nos serve mais.

Por isso pergunto, o que o sucesso te traz de emoção?

Pra descobrir é simples. Sente um pouquinho em um canto e tire 10 minutos totalmente desligada de tudo. De filho, de marido, de telefone, de gato…

Eu quero que você imagine na sua cabeça a imagem do seu sucesso.

Como ele é?

Pode ser perder peso e ficar com um corpo determinado, ter a promoção no seu emprego e ganhar mais, maternidade, um relacionamento novo, enfim… o que desejar.

E veja como se sente.

Se são sentimentos positivos, bom sinal.

Se são não tão positivos assim, é uma boa hora pra repensar.

Lembre-se: caso precise, busque ajuda qualificada!